sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Pilar de Délhi



O objeto mede seis metros de altura e cinqüenta centímetros de diâmetro, é muito volumoso para ter sido fabricado por aglomeração de metais em pó, por fusão…

O pilar tem a inscrição: um epitáfio do rei Chandragupta II , morto em 413 da era cristã

No átrio de um templo em Délhi, Índia, encontra-se um pilar construido com pedaços de ferro soldado, que há mais de 4.000 anos está exposto às intempéries, sem que mostre o menor vestígio de ferrugem: pois está livre de enxofre e fósforo. Temos aí uma liga de ferro desconhecida, proveniente da Antigüidade.

Quem sabe se aquele pilar foi erguido por um grupo de engenheiros de ampla visão, que não possuiam recursos para uma construção colossal, mas que, assim mesmo, desejavam legar à posteridade um monumento de sua cultura, visível e à prova dos tempos?
É uma história embaraçante: em elevadíssimas culturas do passado encontramos construções que hoje, com os mais modernos recursos técnicos, não somos capazes de imitar.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

facebook