quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Cientistas criam super-baterias de smartphones e computadores 40 vezes mais potentes

Um grupo de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, no Tennessee, EUA, conseguiu desenvolver o que muitos outros cientistas do mundo inteiro têm buscado há décadas: um substituto mais eficiente, econômico e ecológico do que as baterias recarregáveis.
 O super-capacitor de silício pode dar vida a uma nova geração de dispositivos móveis, que pode ter baterias que duram de 10 a 40 vezes mais.
 
Os chips, feitos de silício e grafeno, um super material descoberto recentemente, serão capazes de carregar energia em questão de segundos. Para chegar nesse resultado, que também aumenta a duração da carga para vários dias, o circuito eletrônico armazena a eletricidade através de íons ligados por uma superfície porosa, ao invés das reações químicas das baterias convencionais.

Além de atingir cargas completas em questão de segundos, esse tipo de capacitor resiste a milhões de ciclos de carga e descarga em comparação com os poucos milhares que as baterias de hoje em dia suportam.
 Em uma nova etapa de desenvolvimento e testes, os especialistas devem enfrentar ainda mais desafios para a produção em série dos super-capacitores. O processo de banho de grafeno requer um tratamento em altíssima temperatura.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

facebook